Vice-presidente do Flamengo reclama de gol anulado de Arrascaeta contra o Santos: “Não vi falta”

Mengão não vê a existente de falta de Bruno Henrique que originou a anulação do gol de Arrascaeta

Após a vitória do Flamengo sobre o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, em jogo da sexta rodada do Brasileirão 2020, muita reclamação por parte do time santista por dois gols anulados ganhou destaque, mas o Mengão também tem insatisfação com um tento anulado de Arrascaeta.

O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, usou as redes sociais, na noite do último domingo (30), para reclamar do árbitro por uma falta inexistente de Bruno Henrique em Pituca antes de gol do meia Arrascaeta.

Só eu que não vi falta?“, indagou Dunshee, em seu perfil no Twitter.

LEIA MAIS:
+ Flamengo é o time que mais cria chances de gol (e o que mais perde) no Brasileirão
+ Gustavo Henrique cita “atalhos” que o ajudaram no jogo contra o Santos
+ Torcedores do Flamengo se empolgam com estreia de Isla; veja a repercussão

Aos 31 minutos do primeiro tempo, Arrascaeta faz jogada na entrada da área, perceu aproximação de Bruno Henrique e fez o passe. O atacante do Mengão divide com Pituca, a bola sobra para Arrascaeta, que finaliza com maestria no ângulo esquerdo goleiro.

Com a vitória sobre o Peixe, o Flamengo chegou aos oito pontos, assumiu a nona colocação do Campeonato Brasileiro 2020 e está apenas a sete pontos do líder Internacional – e um ponto dos times que estão brigando por vaga na Libertadores.

ASSISTA AO VÍDEO DO GOL ANULADO DE ARRASCAETA:

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 1 FLAMENGO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: Domingo, 30/08/2020
Horário: 16h00 horas (Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Cartões amarleos: Pará, Lucas Veríssimo, Ivonei, Soteldo e Jobson (Santos); Gerson, Gabigol, Bruno Henrique, Willian Arão, Isla e Renê (Flamengo)
GOL:
FLAMENGO: Gabigol, aos 50min do primeiro tempo

SANTOS: João Paulo, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Ivonei); Jobson (Jean Mota), Diego Pituca e Carlos Sánchez (Lucas Braga); Marinho, Soteldo e Raniel (Kaio Jorge)
Técnico: Cuca

FLAMENGO: Diego Alves (César), Renê (Isla), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, Gérson (Willian Arão) e Arrascaeta; Michel, Gabigol (Diego) e Bruno Henrique (Éverton Ribeiro)
Técnico: Domènec Torrent

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais