Vão cumprir? Veja sete jogadores que deixaram o Flamengo prometendo voltar um dia

Atletas saíram do Mengão em busca do sucesso na Europa, mas ainda desejam voltar

Torcida, carinho, amor, identificação e muitos outros fatos costumam fazer os jogadores que passaram pelo Flamengo ter o desejo de um dia novamente pisar na Gávea e entrar no Maracanã lotado com o manto rubro-negro. Você sabe dizer quem são os atletas que já prometeram voltar ao Mengão num futuro próximo?

O portal Hashtag Rubro-Negro mergulhou num passado recente de saídas de jogadores do clube carioca e montou uma lista com sete nomes que afirmaram que retornariam a equipe. A relação conta com nomes como Hernane Brocador, Cuéllar a Vinicius Junior. Confira abaixo:

Hernane Brocador, centroavante do Sport

A relação de Hernane com a torcida do Flamengo foi intensa em 2013. O centroavante foi o principal destaque da conquista da Copa do Brasil, mas acabou negociado com o Al Nassr, da Arábia Saudita, e deixou o clube com 87 jogos e 45 gols, 36 deles marcados em 2013.

“Antes de qualquer coisa eu queria agradecer meus companheiros, diretoria, torcida… Foi maravilhoso, dois anos e três meses em que me dediquei. Queria muito jogar nesse clube desde criança. É muito difícil, mas fico feliz, é uma oportunidade que esperei por algum tempo, jogar no exterior. Agradeço ao Vanderlei, que me apoiou. Espero deixar as portas abertas e voltar ao clube que aprendi a gostar de verdade”, disse Brocador na despedida do Mengão.

De 2014 a 2020, o centroavante rodou o mundo da bola pelo clube árabe, Sport, Bahia, Grêmio e voltou ao Sport. Entretanto, nunca conseguiu repetir o ano mágico de 2013 pelo Mengão.

Samir – Zagueiro da Udinese, da Itália

Cria da base do Flamengo, o zagueiro Samir surgiu como grata promessa na temporada de 2013, disputou 92 jogos, fez quatro gols e conquistou os títulos da Copa do Brasil (2013) e Campeonato Carioca (2014).

Recentemente, em entrevista ao “Canal Venê Casagrande”, no Youtube, o defensor, que somente defendeu a Udinense e o Hellas Verona por empréstimo na Itália, elogiou à torcida rubro-negra e revelou o desejo de voltar um dia.

“Tenho vontade sim de voltar pra minha casa, mas primeiro quero realizar meus sonhos lá na Europa. Já vesti a camisa da Seleção Brasileira e isso foi um ganho enorme. Agora meu próximo passo é dar um salto na minha carreira, continuar trabalhando na Udinese e se Deus quiser ir para um clube maior, disputar uma Champions, ser convocado mais vezes, disputar uma Copa do Mundo … Quando realizar tudo isso, penso sim em voltar para minha casa que é o Flamengo, amo de paixão”, se declarou.

Alan Patrick, meia-atacante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia

Emprestado nas temporadas de 2015 e 2016, Alan Patrick possui uma passagem de altos e baixos pelo Mengão e voltou ao time da Ucrânia após 75 jogos e 15 gols garantindo voltar um dia.

“É uma sensação única vestir essa camisa, jogar por essa torcida. Aqui vivi momentos muito bons. Vale ressaltar que este ano foi positivo. Não conseguimos o título, mas o segundo objetivo, que era a Libertadores, foi alcançado. Fico feliz de sair tendo ajudado a equipe. Espero voltar um dia”, afirmou o atleta, na época.

Felipe Vizeu, centroavante do Akhmat Grozny, da Rússia

Promessa da base rubro-negra, o centroavante atuou no profissional entre as temporadas de 2016 e 2018, fez 20 gols em 75 partidas. Após ser anunciado como reforço da Udinese, da Itália, ele afirmou ter vontade de voltar ao Flamengo.

“Momento de muita felicidade… eu sei o que é representar o Flamengo, sou criado aqui… Desde o momento em que cheguei, sempre honrei o Manto. Espero poder honrar o Manto novamente no futuro”, disse o atleta, que já defendeu o Grêmio e, hoje, está no Akhmat Grozny, da Rússia.

Vinicius Júnior, atacante do Real Madrid, da Espanha

Grande revelação da base do Flamengo, Vinicius Junior foi negociado com o Real Madrid pela bolada de 45 milhões de euros (cerca de R$ 164 milhões na cotação da época) e se tornou a maior venda da história do Mengão.

Na despedida, o garoto, que fez 14 gols em 70 jogos, mandou um até breve à Nação Rubro-negra.

“Sempre digo, falei até para o meu pai, que é só um até breve. Daqui a um tempo depois de realizar todos os meus sonhos, conquistar tudo que eu sonho na Europa, vou voltar e dar o retorno técnico, porque já dei o retorno financeiro que poderia dar. (Quero dar) o retorno técnico e ter a honra de estar fazendo o melhor pela camisa que eu amo”, disse.

Lucas Paquetá, meia-atacante do Milan, da Itália

Vendido logo após Vinicius Junior, Lucas Paquetá é outra promessa que deixou o Mengão com a promessa de voltar no futuro para realizar o sonho de ser campeão pelo clube de coração. Ele foi negociado com o Milan por 35 milhões de euros (cerca de R$ 150 milhões na ocasião). No total, foram 96 jogos e 18 gols.

“Só tenho a agradecer por tudo que o Flamengo fez por mim, por me criar como Atleta e ser humano… tudo que tenho hoje e conquistei como atleta e pessoa é graças ao Flamengo, e eu serei eternamente grato por tudo que vivi dentro desse clube! Saio triste por não poder entregar os títulos que são tão importantes e almejados, mas com esse sonho ainda vivo dentro de mim e que um dia eu voltarei para conquistar”, garantiu.

Gustavo Cuéllar, volante do Al Hilal, da Arábia Saudita

Um dos queridinhos da torcida do Flamengo, o volante Cuéllar deixou o clube brigado no fim de agosto do ano passado prometendo voltar um dia para conquistar mais títulos. Contratado em 2016, ele fez 167 partidas, marcou dois gols, foi campeão de dois Campeonatos Cariocas (2017 e 2019) e foi vendido por 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões).

“Hoje chega ao fim o meu ciclo no Flamengo. Infelizmente, por questões pessoais, esse ciclo foi antecipado. Foi uma decisão difícil da minha parte, mas tive que tomá-la, pois não poderia mais ficar. Criei um amor por esse clube, deixo amigos aqui e pessoas que participaram diretamente da minha vida. Espero poder voltar algum dia”, destacou o volante.

1 comentário
  1. […] torcedores rubro-negros alegam que Cuéllar sofreu com a versão passada da equipe do Mengão, enquanto Willian Arão desfruta de um time de […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais