Saiba por que o Flamengo usará titulares contra o Boavista mesmo já classificado

Partida poderia servir para dar chance aos reservas, mas Jorge Jesus escalará força máxima

Na noite desta quarta-feira, o Flamengo voltará a campo para enfrentar o Boavista pelo Campeonato Carioca, em jogo que fechará a participação rubro-negra na fase de grupos da Taça Guanabara. Mesmo já classificado e com a liderança garantida, o clube deverá mandar força máxima para o confronto.

Isso se explica por alguns motivos: a chance de conquistar o Carioca sem a necessidade de disputar a final e recuperar o ritmo de jogo dos atletas.

FLAMENGO PODE SER CAMPEÃO SEM JOGAR A FINAL:

O Flamengo pode conquistar o Campeonato Carioca sem disputar a final do campeonato. O regulamento para a temporada 2020 prevê título para uma equipe que conquiste a Taça Guanabara, a Taça Rio e que também some mais pontos nas duas fases do Estadual.

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo pode carimbar a conquista caso também seja o vencedor da Taça Rio e mantendo a liderança geral do Estadual. Até o momento, o clube tem 25 pontos, um a mais que o vice-líder Fluminense.

Se o Fla vencer na noite desta quarta o Boavista, chegará a 28 pontos e não terá mais como ser alcançado pelo Flu, precisando apenas conquistar a Taça Rio para se sagrar campeão do Carioca.

Assim, a partida diante o Boavista se torna importante por isso. Se o Mengo tropeçar hoje e o Fluminense assumir a liderança geral, haverá final de campeonato mesmo.

RITMO DE JOGO PARA OS ATLETAS:

Além do sonho pelo título, o Flamengo também quer recuperar o ritmo de jogo dos jogadores e o entrosamento da equipe.

Com três meses sem jogos, perderam o ritmo que vinham tendo e o clube entende que eles precisam de mais jogos para voltarem ao nível que estavam antes da paralisação das partidas.

Assim, o time desta quarta-feira será titular, sem poupar jogadores ou tendo novos testes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais