Rogério Ceni explica por que decidiu escalar Willian Arão de zagueiro no Flamengo

Treinado rubro-negro vê o volante com capacidade de ajudar em mais de uma função

Após a vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Palmeiras, na noite de hoje, no estádio Mané Garrincha, pela 31ª rodada do Brasileirão 2020, o técnico Rogério Ceni foi questionado por que decidiu escalar Willian Arão como zagueiro.

A questão foi dirigida ao treinador Rubro-Negro em entrevista coletiva pelo fato do elenco possuir Léo Pereira, Gustavo Henrique, Natan, Noga e Thuler como opções. A resposta foi pela mobilidade oferecida pelo atleta de 28 anos dentro de campo.

Treinamos semana passada com ele nessa função, já fez isso meio tempo ou últimos 15 minutos. Hoje achei que encaixava melhor, esperava o Rony começando jogando, mas não foi. Nem ele nem Breno. Ele tem mais mobilidade, então achei que ele com Rodrigo Caio ficaria uma boa dupla. Mas onde quer que ele jogue é muito importante aqui“, disse Ceni.

Leia mais:

Flamengo não se anima com propostas por Léo Pereira e Michael, mas mantém negociações abertas
Presidente do River Plate torce pela permanência de Gallardo: “Não há nenhum plano B”

Ceni, inclusive, tratou de eixar claro que conversou com Arão antes de tomar a decisão e ouviu de seu comandado que seu único objetivo era ajudar o Flamengo.

Ele tem uns 270 jogos com a camisa do Flamengo. Ele mesmo me disse: “professor, onde quiser que eu jogue, vou ajudar”. É um cara que contribui muito com o dia a dia do Flamengo“, completou.

Com a vitória, o Flamengo chega aos 55 pontos e assume a terceira colocação na tabela de classificação. Agora, a diferença para o líder Internacional é de quatro pontos e o time carioca ainda possui um jogo a menos no torneio.

No próximo domingo (24), o Rubro-Negro encara o Athletico, na Arena da Baixada, em jogo válido pela 32ª rodada do nacional.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 x 0 PALMEIRAS

Data: 21 de janeiro de 2021, quinta-feira
Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade e Jose Reinaldo Nascimento Junior (ambos do DF)
VAR: Caio Max augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Bruno Henrique e Renê (FLA); Raphael Veiga e Luan (PAL)
Gols:
FLAMENGO: Luan (contra, aos 45 minutos do 1º Tempo) e Pepê (37 minutos do 2º Tempo)

FLAMENGO: Hugo Souza; Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique) e Filipe Luis; Gerson (Vitinho), Diego (Pepê), Arrascaeta (João Gomes) e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabriel (Pedro)
Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Benjamin Kuscevic e Matías Viña (Gustavo Scarpa); Danilo (Gabriel Silva), Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga (Pedro Acácio); Willian (Lucas Lima) e Luiz Adriano (Breno Lopes)
Técnico: Abel Ferreira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais