Rodrigo Caio lamenta chances perdidas pelo Flamengo em derrota: “Não concluímos bem”

Zagueiro listou as oportunidades desperdiçadas pelo ataque do Mengão

Logo após o apito final do revés do Flamengo por 1 a 0 para o Atlético-MG, no Maracanã, em jogo de estreia do Campeonato Brasileiro 2020, o zagueiro Rodrigo Caio deixou o gramado lamentando as chances de gols perdidas.

Em entrevista a TV Globo, o defensor do Mengão comentou que os gols desperdiçados na primeira etapa custaram caro e elogiou a forte marcação armada pelo time de Jorge Sampaoli.

Acredito que tivemos grandes oportunidades no primeiro tempo e não concluímos bem. Acho que essa foi a tônica do jogo. No segundo tempo, eles adiantaram bem a marcação, não conseguimos sair, e eles aproveitaram a oportunidade que tiveram e fizeram o gol. No primeiro tempo, tivemos quatro ou cinco oportunidades em roubadas perto da área. Esse foi o jogo, mas precisamos levantar a cabeça, não temos tempo para reclamar“, disse o zagueiro.

Na estreia do técnico Domènec Torrent, o Mengão esteve longe dos jogos áureos dos tempos de Jorge Jesus e acabou parando na boa marcação dos três zagueiros do Galo. Com o revés, o Flamengo fica entre os últimos colocados do torneio.

Agora, o time foca as atenções para a partida contra o Atlético-GO, na próxima quarta-feira, em Goiânia, às 20h30 (de Brasília). A tendência é que o meia Diego, cortado da partida de hoje por virose, volte a ficar à disposição.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 0 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Domingo, 09/08/2020
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli-SP e Anderson José de Moraes Coelho-SP
VAR: Thiago Duarte Peixoto-SP
Cartões amarelos: Jorge Sampaoli, Gabriel (Atlético); Bruno Henrique, Pedro (Fla)
Gols:
ATLÉTICO: Filipe Luís (contra), aos 23 min do 1º tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson (Vitinho) e Arrascaeta (Pedro); Everton Ribeiro (Michael), Gabigol e Bruno Henrique
Técnico: Domènec Torrent

ATLÉTICO-MG: Rafael, Guga, Gabriel (Jair), Igor Rabello, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Alan Franco (Hyoran) e Nathan (Keno); Savarino (Bueno) e Marquinhos (Marrony)
Técnico: Jorge Sampaoli

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais