Rafinha, ‘Diegos’ e Rodinei: Marcos Braz explica como Flamengo irá agir no mercado

Vice-presidente de futebol do clube concedeu coletiva nesta sexta-feira

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, concedeu entrevista nesta sexta-feira e abriu o jogo sobre diversas questões. A principal delas, e que tomou a maior parte da coletiva, foi sobre mercado da bola. O dirigente anunciou e explicou a saída do lateral Rafinha e comentou sobre as renovações pendentes no elenco.

Com a saída de Rafinha, o Flamengo irá intensificar as buscas no mercado para substituir o lateral. O grande empecilho, porém, será a janela de transferências que está fechada para contratações internacionais. De acordo com Marcos Braz, alguns nomes já vinham sendo observados e o clube não descarta tentar duas contratações para a posição.

“Há bastante tempo vínhamos procurando um lateral. Esse ano é atípico por conta da pandemia. Durante esse período, não tínhamos conforto em fazer qualquer contratação depois de cortar salários de jogadores e funcionário. A partir de agora, evidente, estamos no mercado. Não vou citar nomes, porque isso atrapalha todo mundo. Iremos, com certeza, atrás de um nome. Dois, vamos analisar o mercado”, disse o dirigente.

“Mercenário, traíra e ingrato”: Torcedores do Flamengo se revoltam com saída de Rafinha

Braz também foi enfático ao descartar um possível retorno do lateral Rodinei, emprestado ao Internacional. Já sobre o goleiro Diego Alves e o meia Diego Ribas, o vice-presidente deu detalhes da negociação para a renovação de ambos.

“No dia 14 de março o Flamengo parou de jogar e veio a pandemia. O Flamengo teve que se posicionar em situações da parte financeira. Muitas incertezas. Empresas patrocinadoras que tinham questões a se dirimir. O Flamengo se posicionou na parte financeira estrutural. Funcionários tiveram redução de salário, jogadores também. Não nos sentíamos a vontade de fazer nenhuma contratação ou renovação. Diego Alves quando a diretoria atual chegou, estava três meses afastado. Tinha goleiro vindo do México que estava aqui e teve que pegar a ponte aérea para São Paulo. O Flamengo não vai fazer loucura. Ninguém quer mais o Diego Alves que eu aqui. Diego Ribas conversamos também, já entendeu. Está tudo tranquilo”, garantiu.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais