Nutricionista salvou jogadores do Flamengo de suco estragado na final da Libertadores

Jogadores quase beberam um suco que estava contaminado às vésperas da partida contra o River Plate

O jogo mais aguardado de 2019 na América do Sul terminou com um final feliz para o Flamengo, que bateu o River Plate na final da Libertadores, em Lima no Peru. Entretanto, o desfecho poderia ser diferente por questões de saúde dos jogadores rubro-negros.

Leia mais:

Oficial! Fla anuncia renovação de contrato com o técnico Jorge Jesus

Rodrigo Caio relembra começo Jesus no Fla: “Queria xingar ele de tanta exigência”

Dias antes da grande decisão, quando o Flamengo já estava no Peru, os jogadores quase beberam um suco que estava contaminado.

Quem contou a história foi o ex-nutricionista do Flamengo, Thiago Monteiro, ao Canal Pilhado.  No hotel em que o clube estava hospedado, havia a preocupação dele com a alimentação dos atletas, e tudo que os jogadores comeriam e beberiam era aprovado/reprovado pelo profissional.

De acordo com Monteiro, os atletas queriam beber o suco que era oferecido lá, mas o nutricionista barrou para todos os jogadores, liberando apenas para membros da comissão técnica:

“Quando chegamos ao hotel, só tinha suco natural. O gerente do hotel chegou a mostrar vários certificados de qualidade da água, tudo que precisava, mas eu falei que queria o suco disponível já no café da manhã. A comissão técnica eu liberei para tomar o suco. Jogadores chegaram a reclamar, mas eu expliquei que seria melhor a gente não utilizar a água do hotel.”

Rapidamente, o suco contaminado começou a causar seus efeitos em cada um que bebeu. Thiago lembrou da situação e valoriza a atitude de ter barrado dos jogadores:

“No segundo dia, a comissão já vinha dizendo que comeu algo que fez mal, com diarreia. No terceiro dia, uns sete já estavam do mesmo jeito. Perguntei aos enfermeiros e médicos, e todos os jogadores estavam bem. Nisso, me liguei que era a água. No dia do jogo, 90% da comissão estava com problemas, até eu. Imagina se atinge 90% dos jogadores. Eles até jogariam, mas com desidratação, diarreia, como seria a performance deles?”

Manter o corpo 100% saudável dias antes da decisão da Libertadores foi fundamental para a conquista do bicampeonato. Dentro de campo, o Flamengo sofreu, saiu atrás do placar e conseguiu a virada nos últimos minutos do jogo com dois gols de Gabigol.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais