Muro de sede do Flamengo amanhece pichado com cobrança e crítica

Luiz Eduardo Baptista, o BAP, vice de relações externas no Flamengo foi alvo de críticas

O muro da Gávea, sede social do Flamengo, amanheceu pichado nesta quinta-feira. O vice de relações externas do clube, o BAP, foi o alvo do protesto flamenguista, além da cobrança pelo retorno do lateral-direito Rafinha.

A negociação entre o lateral e o Flamengo segue em andamento. Em suas redes sociais, o atleta informou a um torcedor que já aceitou as condições do Mais Querido e aguarda a resposta do clube. A questão financeira é o grande entrave pelo longo imbróglio.

“A Nação quer o Rafinha” e “Fora BAP” foram algumas das pichações no muro da Gávea.

Confira as imagens das pichações no muro da Gávea:

Flamengo
Foto: Wesley Ramon
Flamengo
Foto: Wesley Ramon

Flamengo

+ Novo uniforme 2 do Flamengo vaza na web; veja fotos

+ Mauricinho faz testes e Flamengo deve ter seis mudanças contra o Resende

Sobre as críticas ao vice de relações externas do clube, não foi a primeira vez. Em outras ocasiões ele foi o alvo da manifestação flamenguista que demonstram querer sua saída do Rubro-Negro. BAP é nome forte na diretoria e tem muita influência sobre o presidente Rodolfo Landim. Inclusive, era um dos cogitados para presidir o clube após a saída do atual mandatário.

Siga o Hashtag Rubro-Negro nas redes sociais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais