Meia do Botafogo reafirma que o Flamengo é o maior do Brasil: “É normal”

Cortez comparou o Rubro-Negro ao que é o Barcelona de Guayaquil no Equador

Nos últimos dias, o meia equatoriano Gabriel Cortez entrou em uma polêmica no Botafogo. Em uma live (transmissão ao vivo por redes sociais), o jogador afirmou que o Flamengo é o maior clube do futebol brasileiro.

+ Títulos, receita recorde e “nem sinal no retrovisor”: Flamengo se destaca em análise do Itaú BBA

A repercussão foi negativa no Botafogo, tanto no clube quanto entre a torcida. Entretanto, o jogador diz não se arrepender do que falou.

Em entrevista ao Jornal Expresso, do Equador, Cortez reafirmou o que já havia dito na transmissão:

“Fiz uma live no Instagram com um amigo e disse que o Barcelona no Equador é o maior, assim como o Flamengo é no Brasil. É normal.”

+ Pai de Gerson nega contato do Benfica, mas não descarta negociação: “Somos profissionais”

Desde então, Cortez está sentindo que está sendo prejudicado pelo clube, que o afastou, o tirando do último amistoso que o Alvinegro fez contra o Fluminense no último final de semana no Estádio Nilton Santos:

“Não sei o que aconteceu, conversei com o professor (Paulo Autuori) e um dia ele me chamou à parte e me disse que não contava comigo e que o clube não ia me comprar.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais