Jogadores do Flamengo fazem apelo por renovação de Diego Alves

Goleiro tem contrato até o fim do ano e ainda não se acertou com o Flamengo por uma renovação

O grande assunto do Flamengo nos últimos dias vem sendo Diego Alves. O goleiro tem seu vínculo com o clube até o fim deste ano e ao que tudo indica não irá permanecer para o ano que vem, o que vem incomodando importantes jogadores do elenco rubro-negro.

Com o passar do tempo, com o contrato chegando ao fim e sem um final feliz à vista, líderes do elenco do Flamengo começaram a se manifestar nos últimos dias pedindo a permanência do atleta, que segundo eles é fundamental para o grupo.

+ Campeões da Libertadores pelo Fla, Jorge Jesus e Pablo Marí se enfrentam na Europa

O primeiro deles foi Filipe Luís. Em entrevista coletiva na semana passada, o lateral-esquerdo disse torcer para que a renovação aconteça e destacou o comprometimento que o goleiro vem demonstrando dia a dia:

“Ele é um cara importantíssimo para nós, para o clube. Fez história e continua a fazer. Passou por todas as situações. Desejamos esse final feliz. Não depende de nós. É um acordo entre as partes. O que posso destacar é o compromisso dele. Acho que faltam quatro jogos para terminar, e ele está se dedicando como se fosse o primeiro dia dele.”

Na goleada sobre o Santos no último domingo pelo Campeonato Brasileiro, Gabigol atravessou todo o campo para comemorar com Diego Alves um de seus gols, mostrando apoio ao goleiro e deixando sua posição sobre a renovação também evidente.

Após a partida contra o Santos, Bruno Henrique também dedicou palavras a Diego Alves, citando que o goleiro é um ídolo do clube:

“Todos sabem da importância dele dentro do grupo. É um líder dentro e fora de campo. A permanência é com ele e a diretoria, mas a gente quer que ele fique. Precisam sentar e conversar para ver o que é melhor para os dois, mas é um ídolo, um cara muito experiente dentro de campo.”

Diego Alves chegou ao Fla em 2017 e assumiu a titularidade do clube, como se era esperado. Foi importante na conquista de títulos como a Copa Libertadores de 2019.

O jogador ganhou a concorrência de Hugo na posição e chegou até a ficar no banco de reservas no fim da ‘era Dome’, mas recuperou seu espaço desde a chegada de Rogério Ceni, que vem apostando na experiência do goleiro de 35 anos, apesar de não ter dito publicamente que quer a renovação do camisa 1.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais