João Gomes comemora título, primeiro gol pelo Flamengo e fala em “momento perfeito”

Em entrevista ao Globo Esporte, o jovem volante João Gomes comentou sobre diversos assuntos, como a conquista do Carioca e seu primeiro gol pelo profissional do Flamengo.

O volante entrou no final da segunda etapa contra o Fluminense e em seu primeiro toque na bola após o chute de Pedro, empurrou a bola para o fundo das redes para sacramentar o título do Mais Querido.

+ Diego chega ao 10º título pelo Flamengo e fala sobre liderança no elenco

Sobre a comemoração do gol, o camisa 35 revelou que sempre imaginou fazer um gol e comemorar abraçando o escudo e deitando.

“Sempre foi meu sonho fazer o que eu fiz. Deitar e meio que abraçar aquele escudo grandão atrás do gol do Maracanã. Assim que eu fiz o gol eu não pensei duas vezes em ir. Foi a realização de um sonho. Na minha comunidade foi uma festa. Na minha família também foi uma festa. Espero que este título entre para a história” -Disse João Gomes.

Nestes primeiros meses no time profissional, João Gomes acertou quatro bolas na trave e finalmente conseguiu fazer seu primeiro gol nos profissionais.

O jovem, falou um pouco sobre este momento:

“Esse gol saiu num momento perfeito. Às vezes a gente não entende os planos de Deus. Saiu no momento certo e na hora certa. Se eu pudesse escolher, certamente seria este momento.”

Gomes também falou sobre seu dia a dia de trabalho e se em algum momento ficou abalado pelas bolas que foram na trave em partidas anteriores.

“ Eu encaro meu dia de trabalho da melhor forma possível. Sempre com seriedade, sempre buscando minha melhor versão. Eu não fiquei abalado por conta das bolas na trave ou algo do tipo. Pelo contrário, continuei trabalhando ainda mais forte.”

O volante, que subiu das categorias de base para o profissional, tem tido bastantes oportunidades com o técnico Rogério Ceni e tem sido bastante elogiado pelo treinador.

Na entrevista coletiva pós-título Carioca, Ceni elogiou muito o jogador:

 “Ele é um menino do bem, muito bom. Um dia falou para mim: “Antes de você chegar aqui, eu só era mais um. Hoje, eu me sinto especial”. Deve ter algum significado para há seis meses ele falar isso. Ser coroado com o último gol do campeonato… Para mim, fico feliz”

João também agradece as oportunidades que Ceni tem dado e se sente grato pela chance de poder demonstrar seu futebol:

 “Ele me deu bastante oportunidade para que eu pudesse mostrar melhor meu trabalho e minhas características. Isso vou ser eternamente grato a ele. Para mim é um prazer e uma honra dividir o meu dia a dia com uma pessoa tão vitoriosa quanto o Ceni”.

O camisa 35 também comentou sobre sua tatuagem, que é uma homenagem a seu avô Mirinho que faleceu em 2019 e que foi um grande incentivador para que se tornasse jogador de futebol:

 “Eu tenho certeza que de onde ele estiver ele está feliz pela minha trajetória, minhas conquistas. Estou no lugar onde ele sempre sonhou que eu chegaria. Espero continuar dando orgulho para ele e a minha família”.

O Mais Querido entra em campo novamente nesta quinta-feira, diante do Vélez pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores e precisa de pelo menos um empate para garantir a primeira colocação da chave.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais