Inspirado em europeus, pré-candidato à presidência defende criação do “Flamengo B”

Marco Aurélio Asseff acredita que criação de um time B ajudará na formação de jogadores da base

O Flamengo está em ano eleitoral, e os pré-candidatos já estão lançando suas ideias e se apresentando à torcida. Marco Aurélio Asseff lançou sua pré-candidatura recentemente e comentou que vê importância em criar um “Flamengo B”.

A ideia do dirigente é ter um segundo time que dispute as divisões inferiores, onde jogariam os atletas da base que ainda não estão prontos para o time principal ou que têm poucas chances. Geralmente, estas equipes são sub-23.

+ Saiba quem briga por posição no Fla neste começo de temporada

Em entrevista ao programa Debate Fla, Marco Aurélio argumentou que grandes clubes do mundo têm um time B, como Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique:

“Grande clubes europeus que também são formadores, acabaram por criar um time B. Pelo o que nós vimos agora, o Flamengo tem condições com esse nosso elenco de afiliar um segundo time para poder jogar. Já que infelizmente aqui no futebol do Rio o Flamengo está em outro patamar, que forma você pode abrir espaço para estes jovens craques? É criando um time B. Real Madrid tem um time B, outros clubes europeus têm um time B.”

Caso o Flamengo B seja criado, começará disputando a última divisão do Campeonato Carioca e buscará subir até a 2ª divisão do estadual já que não poderia disputar a elite junto com o time principal do Fla.

No Brasil, é pouco comum a criação de “times B”. Palmeiras e Corinthians chegaram a fundar essas equipes que disputaram as divisões inferiores do Campeonato Paulista, mas encerraram as atividades por contensão de gastos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais