Ídolo do clube, Lisandro López não marca pelo Racing há um ano

Com passagens pelo Internacional, o atacante é considerado um ídolo com clube argentino

Se no lado Rubro-Negro a situação não está das melhores, o lado argentino do confronto entre Racing e Flamengo está em pedaços. Além de vir de uma sequência de quatro derrotas seguidas, o clube enfrenta uma enorme crise interna.

Diego Milito, ídolo e atual diretor de futebol da equipe colocou seu cargo à disposição e não continua em sua função após as eleições, em dezembro deste ano. O ex-atacante teve uma série de divergências com o presidente do Racing, Victor Blanco.

Não tenho nada pessoa contra Victor, a quem respeito e entendo que deixa tudo pela instituição. Simplesmente, ele tem um modelo diferente com o qual não concordo. Mas ele tem o poder, como máxima autoridade, de escolher as políticas e as linhas por onde quer levar o clube – afirmou Milito.

LEIA MAIS
+ Prestes a encarar o Racing, Flamengo aposta em bom retrospecto contra argentinos para triunfar
+ Outro patamar: contra o Racing, Ceni estreia na Libertadores como treinador

Além disso, o Racing sofre de um grande problema ofensivo. Lisandro López, atacante e capitão do time não balança as redes há um ano. O atacante argentino é considerado, por muitos, como um dos grandes ídolos da história do Racing.

Já o Flamengo tem uma ótima notícia para seu setor ofensivo. Gabigol, o segundo artilheiro do Mais Querido em 2020, atrás somente de Pedro, está de volta. O camisa 9 voltou ao elenco Rubro-Negro na goleada de 4×0 sofrida pelo Atlético-MG, e também no jogo de ida das oitavas de finais da Copa do Brasil, contra o São Paulo, Maracanã.

Mas logo teve de ficar fora novamente, uma fadiga muscular o tirou dos jogos contra Atlético-GO, São Paulo (volta) e Coritiba, mas agora está relacionado e pode começar até como titular nesta terça-feira (24). A decisão está nas mãos de Rogério Ceni.

Flamengo e Racing se enfrentam em confronto válido pelas oitavas da Taça Libertadores, o atual campeão da competição decide em casa. Vale lembrar que a Libertadores ainda conta com o gol qualificado fora de casa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais