Gabigol iguala número de jogos de Guerrero pelo Flamengo; compare as estatísticas

Atacante chegou ao clube em 2019 para substituir o peruano como dono da camisa 9 rubro-negra

Diante do Volta Redonda no último sábado (8), Gabigol chegou aos 112 jogos pelo Flamengo e igualou a marca de seu antecessor com a camisa 9 rubro-negra, Paolo Guerrero. Os números do atacante de 24 anos são infinitamente superiores aos do peruano.

Com os dois gols marcados na semifinal do Estadual, Gabigol já balançou as redes pelo Flamengo 81 vezes, alcançando uma média de 0,72 gol por jogo. Já Guerrero, marcou 43 tentos pelo clube da Gávea, totalizando uma média de 0,38 gol por partida.

Em assistências, Gabi também tem números bastante superiores ao peruano. São 26 passes para gol do atual camisa 9 rubro-negro, quase o dobro das 14 assistências de Guerrero.

LEIA TAMBÉM
+ Flamengo divulga custos mensais do elenco e se vê como “clube europeu”
+ Veja quanto o Flamengo receberá em 2021 por vendas

Ou seja, ao todo, Gabigol participou diretamente de 107 gols nesses dois anos e meio como atacante do Flamengo, contra 57 participações diretas do peruano em três anos de clube.

Além disso, o brasileiro conquistou uma Libertadores, dois Brasileiros, dois Cariocas, duas Supercopas do Brasil e uma Recopa Sul-Americana, enquanto Guerrero só levantou um Campeonato Carioca.

Individualmente, Gabigol foi eleito o melhor jogador da América, levou a Bola de Ouro e foi o artilheiro do Brasileirão e da Libertadores em 2019, além de ter sido o melhor jogador e artilheiro do Carioca em 2020. Já o peruano, pelo Flamengo, foi melhor jogador e artilheiro do Carioca de 2017.

Dois Flamengos distintos com Guerrero e Gabigol

Paolo Guerrero chegou ao Flamengo em 2015, como símbolo do renascimento do Flamengo, após anos de uma política de austeridade. Com rendimentos beirando R$ 1 milhão por mês, o peruano caiu nas graças da torcida no início. Sua passagem pelo Ninho do Urubu, porém, acabou sendo conturbada devido aos inúmeros desfalques por conta de compromissos com a seleção peruana, pelos gols perdidos e pelo caso de doping, no final de 2017.

Para substituir o peruano, o Flamengo trouxe Gabigol por empréstimo da Inter de Milão. Após a temporada avassaladora em 2019 e com o novo 9 sendo o grande herói da conquista da Libertadores, o clube comprou os direitos do atacante por R$ 95 milhões, se tornando o jogador mais caro da história do clube da Gávea.

Siga o Hashtag Rubro-Negro nas redes sociais também:

Twitter: https://twitter.com/hashtag_RN

Facebook: https://www.facebook.com/hashtagrubronegro

Instagram: https://www.instagram.com/hashtagrubronegro/

YouTube: https://bit.ly/30Y8Ll4

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais