Gabigol e Bruno Henrique podem desfalcar o Flamengo no fim do Brasileirão

O Flamengo pode ter problemas na reta final e decisiva do Brasileirão 2020. O STJD, Superior Tribunal de Justiça Desportiva, marcou o julgamento de Gabigol, por conta da expulsão na partida contra o Bahia, pela 26ª rodada, para esta sexta-feira (05). O Tribunal também decidiu reabrir o processo de Bruno Henrique devido a um lance contra o Goiás, na 11ª rodada.

No duelo entre Flamengo x Bahia, no qual o Rubro-Negro venceu de virada por 4 x 3, Gabigol foi expulso nos minutos iniciais. De acordo com o árbitro, por conta de um xingamento. O atacante teria mandado o árbitro Flávio Rodrigues de Souza “tomar no c…”. Caso seja punido, a pena do goleador pode chegar a 12 jogos. Bruno Henrique, por sua vez, pode pegar seis partidas de suspensão.

Diego Alves desfalcou o Flamengo em quase 60% dos jogos na temporada

CONFIRA OS ARTIGOS QUE OS ATACANTES FORAM ENQUADRADOS:

Art. 258. Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

II – desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões.

Art. 184. Quando o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas.

Siga o Hashtag Rubro-Negro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais