Gabigol é punido com advertência, mas não será desfalque no Brasileirão

Gabigol foi absolvido pelo STJD na manhã desta sexta-feira. O atacante foi julgamento pela expulsão na partida contra o Bahia. Na ocasião, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza relatou que teria sido xingado pelo camisa 9 Rubro-Negro.

O auditor relator do caso foi Eduardo Mello e a audiência presidida por Vanderson Maçullo Braga Filho. Denunciado no artigo 258 II do CBJD, Código Brasileiro de Justiça Desportiva, Gabigol poderia ser punido e pegar gancho de até 12 jogos de suspensão, já que a denúncia foi de acordo com o artigo 184 e determinava aplicação cumulativa das penas. No entanto, o STJD decidiu por dar apenas uma advertência e absolver o atacante.

Sendo assim, Gabigol está liberado para jogar a reta final do Brasileirão e estará disponível ao técnico Rogério Ceni para a partida do próximo domingo, contra o Red Bull Bragantino, fora de casa. O camisa 9 do Flamengo está pendurado com dois cartões amarelos e isso preocupa a comissão técnica e os torcedores, já que o time terá sequência final contra Corinthians, Inter e São Paulo.

Flamengo tenta adiar jogo contra o Bragantino, mas CBF nega pedido

GUSTAVO HENRIQUE É PUNIDO COM UM JOGO

O zagueiro Gustavo Henrique também foi julgado. Ele foi punido com uma partida, porém, como já cumpriu suspensão automática, está liberado para jogar normalmente no domingo, contra o Red Bull Bragantino.

BRUNO HENRIQUE

Quem também será novamente julgado pelo STJD é o atacante Bruno Henrique. O Tribunal decidiu reabrir o processo do jogador, que atingiu o rosto do adversário na partida contra o Goiás.

Siga o Hashtag Rubro-Negro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais