Gabigol analisa momento do Flamengo e rejeita comparações com 2019: “Difícil acontecer de novo”

Atacante fez uma autocrítica em relação à fase ruim do rubro-negro e considera injusta qualquer comparação com o time de Jorge Jesus

Os três jogos seguidos sem vencer afastaram o Flamengo da briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Ocupando a quinta colocação e a sete pontos do líder São Paulo, ainda que com um jogo a menos, os rubro-negros se perguntam: o que aconteceu com o time nos últimos tempos?

“É uma mistura de coisas. Não é só incompetência nossa como mérito do adversário. A gente precisa melhorar, talvez matar os jogos antes ou ter mais cuidado taticamente e psicologicamente para não sofrer os gols. A gente precisar fazer mais gols e tomar menos gols”, tentou responder o atacante Gabigol em entrevista coletiva.

Apesar da tentativa do camisa 9, a pergunta parece sem resposta. O que se tem visto, tanto na derrota de virada para o Fluminense, como no revés para o Ceará, é uma equipe apática dentro de campo e que nada lembra aquele time intenso dos tempos de Jorge Jesus.

LEIA MAIS
+ Gabigol debocha sobre panelas e diz quem são os líderes do elenco
+ Imprensa árabe coloca Bruno Henrique na mira Al-Hilal
+ Como erros na transição para o profissional fizeram Lincoln ir de “sucessor de Vinícius Jr.” a dispensável no Flamengo

Aliás, o herói do título da Libertadores rejeitou quaisquer comparações que torcedores e jornalistas possam fazer entre o momento atual que o Flamengo vive e aquele time de 2019, que encantou o Brasil.

“Eu acho que comparar o Flamengo de 2019 é injusto com qualquer time do Brasil. O que aconteceu em 2019 é muito difícil de acontecer de novo. A gente tem potencial, mas são tempos diferentes. A gente está com outro treinador, com outros jogadores, a gente está sendo marcado diferente e a gente também tem que ser diferente”, disse Gabigol.

Assim como Diego disse na saída do campo no último domingo, para o atacante o momento não é de ficar dando explicações. A saída para mudar os rumos e ainda sonhar com o octacampeonato brasileiro é simples.

“O que a gente pode fazer é só uma coisa: falar menos e vencer”, decretou o camisa 9.

Siga o Hashtag Rubro-Negro nas redes sociais também:

Twitter: https://twitter.com/hashtag_RN

Facebook: https://www.facebook.com/hashtagrubronegro

Instagram: https://www.instagram.com/hashtagrubronegro/

YouTube: https://bit.ly/30Y8Ll4

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais