Flamengo x Boavista: veja quais números o jogo precisa para ser recorde mundial de audiência

Partida será transmitida com exclusividade pela Fla TV pela primeira vez na história

A partida entre Flamengo x Boavista terá um componente a mais no extra-campo. Após briga judicial com a Globo, o duelo será exibido com imagens e exclusividade pela Fla TV. Empolgada com a transmissão histórica, a torcida promete quebrar o recorde mundial de audiência do YouTube. Porém, quantos torcedores assistindo simultaneamente serão necessários para atingir essa marca?

Durante a pandemia de coronavírus, os cantores brasileiros iniciaram uma série de lives pelo YouTube e os sertanejos dominaram o ranking de maiores audiências do mundo. Atualmente, o recorde é de uma live da cantora Marília Mendonça, que atingiu 3,31 milhões de pessoas simultâneas. Logo, é a marca a ser batida por Flamengo x Boavista.

No entanto, o recorde de uma transmissão esportiva tem números bem abaixo. O clássico entre Grêmio x Internacional, pela Libertadores 2020, foi transmitido pelo Facebook e atingiu 2,1 milhões de pessoas simultâneas. O Fla aparece no top-5 com a partida contra o San José, também no Facebook, que alcançou 1,04 milhão. Na exibição do jogo contra a Portuguesa, pela Fla TV, 988.478 pessoas assistiram ao mesmo tempo.

Maiores audiências de live do mundo:

1º Marília Mendonça – 3,31 milhões
2º Jorge & Mateus – 3,24 milhões
3º Andrea Bocelli (Itália) – 2,86 milhões
4º Gusttavo Lima – 2,77 milhões
5º Sandy & Júnior – 2,55 milhões

Maiores audiências de live esportiva:

1º Grêmio x Internacional – 2,1 milhões
2º PSG x Borussia – 1,2 milhão
3º Ajax x Tottenham – 1,1 milhão
4º Liverpool x Barcelona – 1,1 milhão
5º Flamengo x San José – 1,04 milhão

LEIA TAMBÉM:

Landim faz projeção e revela quanto o Flamengo estima receber anualmente do BRB

SIGA O AUTOR NO TWITTER: @matheusleal1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais