Flamengo se protege e eleva multa rescisória de Domènec Torrent

Clube não quer correr riscos de perder treinador por "pouco" como aconteceu com Jorge Jesus

A saída de Jorge Jesus para o Benfica deixou uma lição para a diretoria do Flamengo: se proteger mais no contrato do treinador seguinte. O Rubro-Negro acertou a contratação de Domènec Torrent e elevou a multa do espanhol caso algum clube queira contratá-lo.

+ Brasileirão, clássico e mais: veja a agenda de jogos do Fla em agosto
+ Veja a repercussão internacional da contratação de Torrent

Em entrevista à ESPN, o presidente Rodolfo Landim afirmou que a torcida não tem motivo para se preocupar já que o contrato com o novo treinador prevê uma multa altíssima:

“O que eu posso dizer para a torcida do Flamengo é que eu tenho certeza que isso (saída de Torrent por outro clube querer contratá-lo) não ocorrerá. Esse ano e meio que a gente está firmando de contrato com ele, a multa é muito, mas muito maior do que a multa que foi estabelecida no contrato com o Jesus.”

Sem revelar o valor da multa, Landim afirmou que estaria na casa dos principais treinadores do mundo:

“A gente tem que reconhecer que ele é um grande técnico e sempre pode aparecer alguém, algum clube para poder pagar essa multa, mas posso lhe garantir que é uma multa na ordem de grandeza o que seria mais de um ano de salário do técnico mais bem pago do mundo. Então não é uma preocupação que a torcida deve ter, na minha percepção.”

Os principais treinadores do mundo têm salários na casa dos R$ 100 milhões por ano. Pep Guardiola, por exemplo, tem o salário avaliado em 23 milhões de euros por temporada (cerca de 141 milhões de reais).

Torrent deverá chegar na próxima segunda-feira ao Brasil para conhecer o elenco rubro-negro e iniciar sua trajetória no clube.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais