Flamengo negocia prorrogação dos contratos de empréstimo de Pedro e Pedro Rocha

Pandemia do coronavírus fez os atletas emprestados até o fim de 2020 perderam 90 dias de futebol

O Flamengo não irá buscar reforços no mercado da bola em razão da pandemia do novo coronavírus obrigar a redução dos salários do elenco profissional, mas abriu conversas com Fiorentina, da Itália, e Spartak Moscou, da Rússia, para prorrogar os contratos de empréstimo de Pedro e Pedro Rocha.

Ambos os atacantes possuem vínculo com o Mengão até o dia 31 de dezembro e perderam três meses devido a paralisação do futebol no mundo como medida de prevenção do covid-19. A informação foi primeramente divulgada pelo O Globo e confirmada pela reportagem do portal Hashtag Rubro-Negro.

A Fifa já se mostrou favorável a medida de prorrogar os contratos de empréstimo dos atletas devido a doença. A entidade máxima do futebol no mundo, inclusive, define em seu regulamente que a temporada regular é válida do primeiro jogo do ano ao último. Ou seja, não haveria problemas caso os torneios de 2020 sejam concluídos no ano seguinte.

Sonho antigo do Flamengo, Pedro chegou com aval de Jorge Jesus por necessidade de um centroavante de área no elenco. O camisa 21 marcou três gols e deu duas assistências em nove partidas com a camisa rubro-negra.

Já Pedro Rocha foi contratado para disputar posição com Bruno Henrique e Everton Ribeiro no comando de ataque e fez apenas um jogo por conta de problemas físicos.

FLAMENGO APOIA VOLTA DO FUTEBOL

A FERJ (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) trabalha junto aos clubes da elite do futebol carioca com o Governo e Prefeitura do RJ para ter o retorno do Campeonato Carioca.

A expectativa é que os jogos do estadual sejam retomados entre o fim de junho e o início do mês de julho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais