Exclusivo: Gustavo Henrique fala sobre briga pela titularidade do Flamengo e exalta estrutura do clube

Zagueiro vê que disputa com Rodrigo Caio e Léo Pereira agrega ao Flamengo

Contratado em 2020 para melhorar ainda mais o elenco do Flamengo, Gustavo Henrique vem tendo uma forte concorrência na zaga rubro-negra. O camisa 2, disputa uma vaga no time titular com Rodrigo Caio e Léo Pereira, ficando alguns jogos no banco de reservas. Entretanto, ele valoriza a disputa com seus companheiros.

Em entrevista exclusiva ao Hashtag Rubro-Negro, Gustavo Henrique comentou sobre a briga por um lugar no time.

Titular em uma das finais do Carioca e reserva na outra, o zagueiro entende que essa disputa só agrega tanto para ele quanto para o Flamengo:

“Ter jogadores ótimos disputando vagas com a gente é muito importante. Além de nos auxiliar no crescimento pessoal e profissional, deixa o time mais forte e com mais opções ao treinador. Todos nós ganhamos com isso. Sempre visamos a melhoria do time para conquistarmos mais. A pressão de sempre ganhar é do Flamengo.”

Além da disputa interna por titularidade, Gustavo Henrique também vê que a estrutura que o Fla proporciona aos atletas é importante para que o clube se mantenha entre os protagonistas:

“O Flamengo hoje em dia tem uma estrutura excelente, profissionais muito bons que trabalham no clube, e isso dá um grande resultado dentro de campo. Somos cercados de pessoas que trabalham muito para que a gente jogue sem ter outra preocupação, se não o jogo em si.”

MULTI-CAMPEÃO PELO FLAMENGO:

Apesar de ter pouco tempo de Flamengo, Gustavo Henrique já coleciona títulos pelo clube da Gávea.

Desde que chegou, conquistou a Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Carioca (somando-se à Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual do Rio de Janeiro).

O jogador ainda disputará na temporada (que só termina no ano que vem) mais alguns torneios como o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil além da Copa Libertadores, podendo aumentar ainda mais a lista de títulos de Gustavo Henrique pelo Rubro-Negro.

Confira outros trechos da entrevista de Gustavo Henrique:

Trabalhar com Sampaoli ajudou na adaptação:

“Com certeza ajudou muito. A forma em que a zaga se posiciona e a intensidade do time todo tem que ser uma harmonia em campo. Os dois treinadores são muito bons e sabem muito de futebol.”

Em busca da melhor condição físical:

“O Flamengo manteve a mesma base do ano passado. Como a gente ficou muito tempo sem jogar o maio problema é a condição física.”

Comparação Sampaoli x Jorge Jesus:

“Os dois são grandes treinadores. Não podemos rotular por serem estrangeiros, eles são bons e o convívio com os dois no dia a dia é muito bom.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais