Ex-técnico do Flamengo, Dome apoia Gerson após denúncia de racismo

Treinador espanhol deixou mensagem de apoio a seu ex-jogador

A denúncia do volante Gerson de ter sofrido racismo do meia Índio Ramírez, do Bahia, chegou até o ex-técnico Flamengo, Domènec Torrent. O espanhol, em suas redes sociais, manifestou total apoio ao atleta e deixou uma mensagem a seu ex-jogador.

No Twitter, Dome exaltou Gerson como homem, apoiou ele e sua família além de repudiar qualquer ato racista, que deve ser combatido:

“Recebi com muita tristeza a notícia dos atos racistas contra o meia Gerson, que foi meu jogador no Flamengo e um homem de um caráter ímpar. O racismo é uma praga mundial que devemos combater todos os dias. Minha solidariedade ao Gerson e seus familiares! Não podemos mais tolerar nesse tipo de situação!”

Dome e Gerson trabalharam juntos no Flamengo por cerca de quatro meses entre agosto e novembro de 2020, período que o catalão foi o treinador do clube.

+ Clube inglês se interessa por Lincoln e Yuri de Oliveira

O espanhol foi demitido após a goleada sofrida para o Atlético-MG na 20ª rodada do Brasileirão. Dome não resistiu à pressão que a torcida fazia por sua saída somado às más atuações do time e os últimos resultados de derrotas.

Atualmente, Torrent está sem clube e aguardando novas oportunidades para seguir sua carreira de treinador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais