Ex-auxiliar de Unai Emery não esconde desejo de treinar o Flamengo: “É conhecido a nível mundial e um grande desafio”

Profissonal foi oferecido ao Mengão e está sendo estudado por Marcos Braz e Bruno Spindel

Há uma semana sem treinador, o Flamengo tem os técnicos Leonardo Jardim, Carlos Carvalhal, Domènec Torrent e Miguel Ángel Ramirez em sua lista de observados e tem recebido uma enxurrada de nomes como opção para a vaga deixada por Jorge Jesus. Um deles é de Juan Carlos Carcedo.

O treinador espanhol, que trabalhou como auxiliar de Unai Emery, ex-PSG e Arsenal, por 14 temporadas, não esconde o desejo de assumir o comando do Mengão e diz que a chance ‘seria um grande desafio’.

LEIA MAIS: Exclusivo: Gustavo Henrique fala sobre briga pela titularidade do Flamengo e exalta estrutura do clube

Evidentemente o Flamengo é um grande clube e conhecido a nível mundial. Todo mundo conhece como são seus torcedores e os grandes jogadores que tem. Todos sabem o que fizeram no ano passado e a conquista dos seus troféus. Está claro que seria um grande desafio“, disse Carcedo, de 46 anos, em entrevista à “Rádio Globo“.

Carcedo está em busca da sua primeira oportunidades como técnico de futebol desde o fim da parceria com Emery em novembro de 2019 e vê o Mengão como uma excelente porta de entrada. Caso acerte com o clube, só vira ele e o assistente David Iglesias e o preparador físico Sergio Domínguez.

O Flamengo tem um grande plantel. Poderia falar de muitos nomes conhecidos como Gabigol, Diego Alves, que trabalhamos no Valencia, Rafinha, Filipe Luis, Everton, De Arrascaeta… Na Europa, seguimos o campeonato porque sabemos que são jogadores de muita qualidade. É uma das ligas mais emocionantes atualmente“, completou.

LEIA MAIS: Rafinha vê falha do Flamengo sobre a saída de Jorge Jesus

O Flamengo prioriza na busca por novo treinador que tenha uma ideia de jogo próxima a trabalha por Jorge Jesus, que resultou nos títulos do Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores, Recopa Sul-americana, Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Campeonato Carioca, e o treinador espanhol se diz preparado.

Quero times sempre intensos, tentando pressionar os adversários no campo adversário e com uma defesa avançada. É assim que o Flamengo fez muitos gols na última temporada com Jorge Jesus. Sei que a torcida gosta desse tipo de futebol, um time dinâmico e dominador“, finalizou.

CONTEÚDO ESPECIAL DO FLAMENGO

O #Rubro-Negro bateu um papo especial com o ex-comentarista e hoje treinador da Sporting CP Academy, Anderson Moura, o correspondente do Esporte Interativo na Inglaterra, Fred Caldeira, e o comentarista português da Eleven Sports, Luís Cristóvão, para analisar os modelos de jogo dos possíveis futuros treinadores do rubro-negro.

Ouça, curta e compartilhe com os amigos rubro-negros:

LEIA MAIS: Especulado no Benfica, Gerson comenta sobre futuro e se deixará o Flamengo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais