Emprestado pelo Flamengo, atacante é afastado no Náutico

Jogador foi flagrado em uma casa de shows, descumprindo o protocolo de prevenção da Covid-19 do clube pernambucano

O atacante Thiago Fernandes, emprestado pelo Flamengo ao Náutico até o final da temporada, foi afastado temporariamente pelo clube pernambucano. O jogador foi flagrado em uma casa de shows no último final de semana, descumprindo os protocolos de prevenção à Covid-19.

Thiago e outros três jogadores foram afastados por sete a dez dias e serão colocados em “quarentena” pelo alvirrubro. Após o período, os atletas realizarão testes de Covid-19 para saber se estão infectados. Caso os resultados deem negativo, eles serão reintegrados ao elenco.

O atleta do Flamengo também foi advertido pelo Náutico, que não informou qual a punição aos jogadores. De acordo com o clube, “medidas administrativas, definidas pela direção e comissão técnica, permanecem no âmbito interno”.

+ Ferj e prefeitura marcam reunião para liberar jogos com torcida neste mês

Contratado pelo Flamengo junto ao Náutico por R$ 3 milhões no início do ano para fazer parte do time sub-20, o atacante, que foi destaque no título da Série C em 2019, foi emprestado de volta ao time pernambucano em maio, devido à indefinição do calendário da base por conta da pandemia de coronavírus.

Confira a nota oficial do Náutico em relação ao afastamento dos atletas:

O Clube Náutico Capibaribe, em respeito à torcida e ao público em geral, esclarece que já realizou uma reunião com os atletas, tratando do episódio que envolveu alguns deles, cujas imagens circularam nas redes sociais.
 
Existem aspectos disciplinares que regem o trabalho de uma instituição esportiva e, particularmente neste momento que o país atravessa, também questões de saúde pública. Prezamos sempre pelo profissionalismo, com total respeito aos funcionários do clube, mas também com a exigência de contrapartidas previamente pactuadas, que consideramos fundamentais. Acima de tudo está o interesse coletivo, de um clube centenário e sua imensa e fiel torcida. O período de pandemia tem exigido muito de todos, nas vidas pessoal e profissional. E a atitude de cada um pode ter repercussão direta sobre si e o próximo. É necessário mais do que bom senso, é imprescindível a prudência, a precaução, a prevenção.
 
Assim, diante do que foi demonstrado nas imagens, e de acordo com as orientações do Departamento Médico do Náutico, estamos temporariamente promovendo o distanciamento destes atletas, com relação ao restante do elenco. Até que sejam realizados testes e se cumpra um período necessário à garantia de não ter havido infecção pelo novo coronavírus, o grupo cumprirá dias de atividades em horários diferenciados. Medidas administrativas, definidas pela direção e comissão técnica, permanecem no âmbito interno, sendo dialogadas diretamente com os profissionais.
 
A atual gestão do Clube Náutico Capibaribe sempre priorizará o bom ambiente, de respeito às individualidades, sem jamais admitir que atitudes pontuais conturbem ou prejudiquem os propósitos do coletivo, que não são de poucos, mas de uma instituição composta por milhares de pessoas. Considerando, ainda, que posturas indevidas, hoje, podem expor ao risco muito mais do que a própria integridade física.
 
Seguiremos obedecendo rigorosamente o protocolo da CBF, as orientações das autoridades e dos nossos profissionais de saúde. Mais do que um time de futebol, o Náutico é um patrimônio de Pernambuco, respeitado, reconhecido e que, no que depender de nós, será sempre honrado e se manterá uma referência de boas práticas.
Siga o Hashtag Rubro-Negro nas redes sociais também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais