Dirigentes do Flamengo queriam contratar Jürgen Klopp, diz Dome

Ex-treinador rubro-negro disse que internamente o clube não tinha uma unanimidade para treinador

Substituto imediato de Jorge Jesus no Flamengo, o técnico Domènec Torrent revelou que dentro do clube não havia uma unanimidade por sua contratação e que até mesmo o alemão Jürgen Klopp era desejo do clube.

Em entrevista ao portal alemão ‘Spox’, Dome falou que alguns dirigentes do Flamengo queriam a contratação do técnico do Liverpool e que só conseguiu entender como tudo funcionava dentro do clube após algum tempo na Gávea:

“Os diretores tinham ideias diferentes. Alguns queriam Dome como treinador, outros Jürgen Klopp ou outra pessoa. É assim que funciona no Brasil. Minha equipe técnica e eu não sabíamos disso quando chegamos lá. Mas depois de algumas semanas, já estava claro para nós: se perdermos um ou dois jogos, iríamos embora.”

+ Flamengo acredita em retorno de Rodrigo Caio contra o Volta Redonda

Hoje sem clube, Dome afirma que não se arrepende de ter treinado o Flamengo e que o clube é o principal do continente:

“Flamengo é o maior e mais importante clube da América do Sul com 40 milhões de seguidores. Se você perder um jogo, tudo será um desastre. Não (tenho arrependimento). O Flamengo é um clube maravilhoso com uma torcida maravilhosa. E a equipe também se tornou querida em meu coração”

Pelo Flamengo, Dome fez 26 jogos, venceu 15, empatou cinco e perdeu seis vezes.

O espanhol deixou o clube na briga pelo título do Brasileirão, que foi conquistado com Rogério Ceni, e nas quartas de finais da Copa do Brasil e oitavas da Libertadores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais