Dinheiro em caixa: veja quanto o Flamengo faturou com as participações em Libertadores e Copa do Brasil

Mengão deixou as competições de forma precoce e causou problemas de caixa para 2021

Apontado como favorito aos títulos da Copa do Brasil e Copa Libertadores em 2020, o Flamengo não conseguiu repetir o futebol mágico da temporada passada e acabou se frustrando com as eliminações precoces que renderam muito menos do que era esperado em termos financeiros para reforçar o clube.

O Hashtag Rubro-Negro levantou os números de lucro por cada fase do Flamengo em ambas competições e o que o clube, de fato, recebeu (ou está para receber) pelo seu desempenho final.

Libertadores

A previsão orçamentária do Flamengo tinha como meta chegar às semifinais da Copa Libertadores da América e ter faturamento garantido na casa dos 7,55 milhões de dólares (R$ 37,95 milhões).

Leia mais do Flamengo:
Alô, Braz! Veja 4 goleiros que ficarão sem contrato e podem substituir Diego Alves no Flamengo
Após sonhar com milhões, Flamengo entra em atrito com Lincoln e negocia venda ‘a preço de banana’

No entanto, o time carioca só teve lucro de 5,05 milhões (R$ 25,41 milhões) por ter disputado a fase de grupos e os jogos de ida e volta das oitavas de final.

Desse montante, vale lembrar, 1,8 milhão de dólares (R$ 9,1 milhões) já havia sido adiantado pela Conmebol ao clube carioca durante o período de paralisação da pandemia do coronavírus.

Além da quantia por desempenho, o Mengão ainda teve um jogo dentro do torneio sul-americano com público e boa renda. Na vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil, do Equador, o clube contou com 58.100 mil pagantes no Maracanã e teve renda de R$ 4.411.842,50.

No geral, o Flamengo deixou a Copa Libertadores ainda na fase de oitavas de final com um lucro final de R$ 29.85 milhões.

Copa do Brasil

A meta do Flamengo na Copa do Brasil era ousada tanto quanto na Libertadores: o objetivo era estar na grande decisão e ter garantido o lucro de, pelo menos, R$ 34,9 milhões (R$ 2,6 milhões das oitavas de final, R$ 3,3 milhões das quartas de final, R$ 7 milhões das semifinais e R$ 22 milhões de um possível vice-campeonato).

Entretanto, o Rubro-Negro caiu na fase de quartas de final para o São Paulo e saiu com faturamento de apenas R$ 5,9 milhões – e sem lucro de bilheteria por o torneio ter sido disputado em meio à pandemia.

Vale destacar que, neste caso, o clube carioca não receberá nada do lucro da Copa do Brasil pelo fato do dinheiro ter ficado preso na CBF para quitação do empréstimo de R$ 12 milhões feito em julho.

Segundo o blog do Rodrigo Mattos, no UOL, a diretoria do Flamengo já quitou uma parte e ainda deve R$ 7,2 milhões a receber. Assim, a quantia da Copa do Brasil abate parte do valor e deixa dívida em aberto em apenas R$ 1,3 milhão – que será descontado da premiação final de sua participação no Brasileirão 2020.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais