Conmebol aprova data de retorno da Libertadores e final será em janeiro de 2021

Entidade máxima do futebol sul-americana foi obrigada a paralisar a Libertadores em março devido à pandemia do coronavírus

Na manhã desta sexta-feira (10), o Conselho da Conmebol definiu o retorno de suas principais competições via reunião por videoconferência. A Copa Libertadores, paralisada em março devido à pandemia do coronavírus, teve volta aprovada para o dia 15 de setembro.

A final do principal torneio sul-americano foi mantida, a princípio, no estádio do Maracanã, no Brasil, e está prevista para ocorrer somente no mês de janeiro de 2021. Um novo encontro deve acontecer nas próximas semanas para discutir mais detalhes do retorno.

Com a definição do reinício da Libertadores em setembro, a Conmebol agora terá de buscar uma solução para poder contar com times de países em que à pandemia do coronavírus ainda não está controlada. Portanto, também há risco data escolhida sofrer nova alteração.

Até o momento, a Copa Libertadores teve apenas as duas primeiras rodadas da fase de grupos disputadas. Ao todo, faltam 11 datas para a definição do campeão da edição de 2020 do torneio: são quatro jogos restantes da fase de grupos, duas das oitavas de final, duas das quartas, duas das semifinais e à final em jogo único.

COMO O FLAMENGO ESTÁ NA LIBERTADORES?

Atual campeão da Libertadores, o Flamengo, atualmente, é o vice-líder do Grupo A com seis pontos conquistados em duas partidas. O time rubro-negro só perde a liderança da chave para o Independiente del Valle-EQU no quesito saldo de gols.

O próximo jogo do Mengão na competição continental é justamente contra o Del Valle para definir quem irá ficar no topo da classificação do Grupo A. O jogo está previsto para acontecer no Equador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais