Confira quais jogadores devem ganhar espaço no Flamengo com o aumento de substituições

Com elenco recheado de bons jogadores, o Flamengo iniciou o ano mantendo a base do time campeão Brasileiro e da Libertadores de 2019.

As opções mais utilizadas pelo técnico Jorge Jesus, além dos titulares, foram o lateral-esquerdo Renê, o volante Thiago Maia, o meia Diego Ribas e o atacante Michael.

Com o novo limite de substituições permitido pela FIFA, cada time passa ter a possibilidade de mexer no time até cinco vezes no mesmo jogo.

A nova regra permitirá ao “Mister” testar jogadores que vem sendo menos utilizados, como o recém contratado Pedro Rocha.

Mais rotatividade no Flamengo:

Confira abaixo quem pode ganhar mais oportunidades no Rubro-negro com a nova regra de 5 substituições aprovada pela FIFA.

LATERAIS:

Como Rafinha e Filipe Luís são dois dos jogadores mais experientes do elenco, João Lucas, Matheuzinho e Renê podem ganhar mais oportunidades durante as partidas, principalmente o lateral-esquerdo, com mais rodagem no time principal.

Podendo fazer duas alterações a mais, o técnico Jorge Jesus pode poupar a dupla titular de laterais com mais frequência.

ZAGA:

Com a recuperação de Rodrigo Caio, a disputa por uma posição ficou entre Gustavo Henrique e Léo Pereira.

Na última partida, o ex-agueiro do Athletico-PR começou como titular, com o ex-santista ficando no banco.

Com 5 substituições, o Mister pode mexer na defesa durante o jogo, inclusive, dando mais rodagem para o jovem Thuler.

MEIO-CAMPO:

Com a suspensão de Arão na Libertadores, Thiago Maia teve oportunidade de mostrar seu bom futebol ao Mister.

Já Diego Ribas começou a temporada como uma espécie de décimo segundo jogador. O camisa 10 vem entrando com frequência nas partidas.

Com o aumento das substituições, Thiago Maia e Diego devem ter ainda mais minutagem em campo.

Outra expectativa é que o jovem volante Vinícius Souza receba mais oportunidades, já que o jogador é frequentemente elogiado pelo técnico Jorge Jesus.

O treinador elogiou Vinição após vitória por 3 a 2 no Fla x Flu deste ano, pelo Estadual: “Acredito que com o tempo o Vinicius Souza pode ser titular do Flamengo. Vejo muita capacidade neste jovem jogador.”

Outro que corre por fora para ter mais minutos em campo é o volante paraguaio Piris da Motta, que perdeu espaço com a contratação de Thiago Maia.

ATAQUE:

Posição em que mais se reforçou para 2020, o ataque do Flamengo talvez seja o setor mais intocável até aqui.

Com Éverton Ribeiro e Arrascaeta mais abertos, Bruno Henrique e Gabigol mais centralizados, mas com movimentação de todos, o ataque rubro-negro tem sido uma máquina de gols.

Mesmo assim, o técnico Jorge Jesus conseguiu dar oportunidade para Vitinho, Michael e Pedro atuarem.

Podendo mexer no time mais vezes durante a partida, o trio deve entrar mais vezes em campo.

Outros que busca mais espaço é o atacante Pedro Rocha, recém contratado pelo rubro-negro.

Um pouco antes da paralisação do futebol, Jesus revelou que o jogador chegou com uma pequena lesão, justificando as poucas oportunidades na equipe:

Ele (Pedro Rocha) pode fazer qualquer posição no ataque. É um jogador muito rápido a pensar e a executar. Veio com um problema de lesão que o estamos recuperando de pouco em pouco. Joga numa posição onde têm jogado Bruno Henrique e Gabigol. Tenho dificuldade de lhe dar algum tempo de jogo. Mas vão haver muitos jogos onde ele vai atuar. A posição dos nossos atacantes requer conhecimento tático com bola e sem bola. Ele anda à procura disso”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais