Ceni explica por que optou por Renê ao invés de Matheuzinho na lateral-direita

Titular da posição, Isla se machucou minutos antes da bola rolar na Argentina

O Flamengo teve uma surpresa desagradável de última hora minutos antes do jogo contra o Racing começar na noite da última terça-feira pela Libertadores. O lateral-direito Isla se machucou no aquecimento e não pôde ir ao jogo. Assim, Rogério Ceni optou por escalar Renê em seu lugar.

A escolha pelo camisa 6 rendeu questionamentos da torcida já que ele é lateral-esquerdo e havia Matheuzinho no banco de reservas, um lateral-direito.

Em sua entrevista coletiva, Ceni atribuiu o motivo pela escolha de Renê a questões defensivas:

“Decidimos pelo Renê pela experiência, por ser um jogador que defensivamente tem uma boa recomposição. O Matheuzinho era um ponta, foi trazido para a lateral com muita ofensividade. O Renê com mais poder de marcação, apesar da perna trocada. Ele já fez dois jogos na lateral-direita”.

+ Torcedores do Flamengo voltam a criticar Léo Pereira; veja os comentários
+ Marcos Braz conta detalhes da negociação com a Fiorentina por Pedro e garante: “Vamos fazer de tudo para tê-lo”

A lateral-direita vem sendo um setor carente para o Flamengo já há algum tempo. Em entrevistas passadas, o diretor de futebol Marcos Braz chegou até a falar que o Fla buscaria mais jogadores para a posição, mas Isla foi o último a ser contratado e chegou para suprir a saída de Rafinha, que foi para o Olympiacos da Grécia.

Isla deverá ser examinado nos próximos dias para saber se terá condição de atuar nos próximos jogos do Flamengo. Caso não tenha, é possível que Ceni siga dando mais chances a Renê nesta função.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais