Ceni elogia Gabigol e explica por que o substituiu no segundo tempo

Treinador colocou Pedro na reta final do clássico contra o Vasco

Mais uma vez, Gabigol não ficou os 90 minutos de uma partida com Rogério Ceni comandando o time. O treinador substituiu o camisa 9 na reta final da vitória do Flamengo sobre o Vasco na noite da última quinta-feira.

Em entrevista coletiva, o comandante explicou o motivo da saída de Gabigol para o lugar de Pedro. Segundo Ceni, a ideia era conseguir prender a bola mais tempo no ataque:

“Eu acho que nenhum jogador gosta de ser substituido. Eu acho que cada um tem um comportamento e age de uma maneira. Conheço o Gabriel, trabalho com ele todos os dias. Sei que ele queria ficar mais tempo em campo, mas temos também o Pedro. É um jogador importante. Naquele momento precisava de um jogador para segurar a bola. Não há problema nenhum.”

+ Com problemas médicos, Diego e Gerson são dúvidas no Flamengo para encarar o RB Bragantino

Ceni também elogiou Gabigol, que fez diversas funções além de buscar gols, como recompor e ajudar na marcação:

“Ele se doou muito em campo, fez a recomposição. Centroavante normalmente é mais fominha. Vai chegar um momento em que ele e o Pedro estarão em campo juntos, outras ele será substituído.”

Com a vitória, o Flamengo agora está 2 pontos atrás do líder Internacional, sendo o vice-líder da competição e dependendo de si para conquistar o título do Brasileirão.

Na próxima rodada, o clube enfrenta o Red Bull Bragantino em São Paulo pela 35ª rodada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais