Calendário de 2021 prevê apenas uma semana cheia e será marcado por desfalques em Datas Fifa

Temporada apertada por conta da pandemia não dará tempo para equipes treinarem

Se uma das principais reclamações da temporada 2020 foi a falta de tempo para treinar, o calendário de 2021, que se inicia nesta terça-feira (2) para o Flamengo, será ainda mais cruel. Caso uma equipe avance até o fim em todas as competições, terá somente uma semana inteiramente livre para treinar.

Ao todo, serão 78 datas espremidas em apenas 40 semanas, sendo 38 para o Campeonato Brasileiro, 16 para os Estaduais, 13 para a Libertadores, 10 para a Copa do Brasil (para os times que entrarem a partir da 3ª fase, como é o caso do Flamengo), e uma para a Supercopa do Brasil. Desta forma, caso alguma equipe chegue em todas as decisões possíveis, fará 78 partidas (fora o Mundial de Clubes) em 78 dias.

Das 40 semanas, 39 estão programadas para ter dois jogos. Apenas a semana da final da Libertadores (de 1º a 7 de novembro) terá partidas apenas no final de semana. Isso porque o meio desta semana está usado como escape. Ou seja, caso um time brasileiro chegue à decisão do torneio continental, a partida do final de semana pelo Brasileirão poderá ser antecipada, perdendo assim a semana cheia para treinos.

LEIA TAMBÉM
+ Flamengo divulga relacionados para encarar o Nova Iguaçu pela Taça Guanabara; veja
+ Flamengo assume liderança do ranking nacional de clubes; veja lista

Datas Fifa irão desfalcar clubes em até 19 rodadas

Além disso, o calendário de 2021 ainda contempla seis Datas Fifa, sendo duas no primeiro semestre e quatro no segundo. A mais importante delas será a Copa América, disputada entre 11 de junho e 11 de julho, na Colômbia e na Argentina.

Importante frisar que o Campeonato Brasileiro não será paralisado em nenhuma destas Datas Fifa. Desta forma, contando com os tempos de treinamento e deslocamento, as seleções poderão desfalcar as equipes do Brasileirão em até 19 rodadas, ou seja, um turno inteiro.

Vale lembrar que o Flamengo tem jogadores constantemente convocados para suas seleções, como Arrascaeta no Uruguai, Isla no Chile e Rodrigo Caio, Everton Ribeiro, Pedro, Gabigol e Bruno Henrique na Seleção Brasileira. Assim, o rubro-negro pode passar grande parte do ano sem algumas de suas principais estrelas.

Veja o Calendário de 2021 do futebol brasileiro:

Carioca

1ª fase: 2 de março a 25 de abril
Semifinal: 2 e 9 de maio
Final: 16 e 23 de maio

Supercopa do Brasil

Final: 11 de abril

Libertadores

1ª fase: 21 de abril a 26 de maio
Oitavas: 14 e 21 de julho
Quartas: 11 e 18 de agosto
Semi: 22 e 29 de setembro
Final: 6 de novembro

Brasileiro – 30 de maio a 5 de dezembro (28 rodadas final de semana + 10 rodadas meio de semana)

Copa do Brasil

3ª fase: 2 e 9 de junho
Oitavas: 14 e 21 de julho
Quartas: 25 de agosto e 1º de setembro
Semi: 8 e 15 de setembro
Final: 20 e 27 de outubro

Datas Fifa

Copa América: 11 de junho a 11 de julho

Eliminatórias:
25 a 30 de março
3 a 8 de junho
2 a 7 de setembro
7 a 12 de outubro
11 a 16 de novembro

Siga o Hashtag Rubro-Negro nas redes sociais também:

Twitter: https://twitter.com/hashtag_RN

Facebook: https://www.facebook.com/hashtagrubronegro

Instagram: https://www.instagram.com/hashtagrubronegro/

YouTube: https://bit.ly/30Y8Ll4

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais