Bruno Henrique ‘cobra’ vitória do Flamengo sobre o Ceará: “Se queremos ser campeões, temos que vencer”

Camisa 27 do Rubro-Negro não considera a possibilidade de novo tropeço no Campeonato Brasileiro

Com a derrota para o Fluminense, o Flamengo estagnou nos 49 pontos, perdeu a chance de colar na briga pela liderança do Brasileirão 2020 com o São Paulo e agora não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória contra o Ceára, no domingo (10), às 16h (de Brasília), no Maracanã, pela 29ª rodada. É o que diz o atacante Bruno Henrique.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (8), o camisa 27 alertou os companheiros de que o Vozão deve vir com uma postura ‘brigando por uma bola’ como o Fluminense e pede foco total para vencer e seguir na luta pelo oitavo caneco nacional.

Se queremos ser campeões, temos que vencer. Não tem outro resultado que não seja esse. O Ceará vai vir do mesmo jeito que o Fluminense. É até bizarro falar isso. Mas o Fluminense batendo falta do meio de campo na área… não conseguia levar perigo para nós, e ainda virou o jogo. O Ceará vai ser da mesma forma. Temos que mudar a postura e fazer os gols. Precisamos estar bem compactos, assim como era em 2019. Todos correndo para trás, e todos correndo para frente. Assim, com nossa qualidade, conseguimos vencer os jogos“, destacou.

Leia mais:
Torcedores do Flamengo ‘jogam a toalha’ por título: “Vergonha sem tamanho”
Arrascaeta desabafa após derrota do Mengão: “A gente não merece ser campeão”
Torcedores do Flamengo culpam Ceni por derrota e pedem sua saída

A derrota do Flamengo no clássico trouxe tristeza pela perda da oportunidade de encostar na liderança, já que o São Paulo perdeu por 4 a 2 para o RB Bragantino, e Bruno Henrique prometeu dedicação para voltar a boa fase goleadora.

O impacto é a tristeza. O São Paulo estava perdendo, e a gente, ganhando. Acabou que levamos a virada e não somamos os três pontos. Quero fazer gol todos os jogos, sendo clássico ou não. Vou seguir trabalhando. Sei que estou um pouco abaixo, mas não falta e nunca vai faltar empenho e garra“, disse.

Faltando 11 jogos para o fim do torneio, o Flamengo não pode pensar em novo tropeço para não perder o fôlego de lutar para tirar a diferença de sete pontos para o primeiro colocado.

Questionado se o momento turbulento na temporada causou abalo no elenco, o atacante negou e destacou que todos estão focados em fazer o clube campeão nacional mais uma vez.

Abalado, não. Ficamos tristes quando perdemos. Somos um grupo experiente, e, quando essas coisas acontecem, ficamos chateados. Mas temos que pensar no próximo jogo, não podemos deixar abater. Temos confronto direto também. Depende de nós chegar na reta final ainda disputando o título“, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais