Braz revela ‘acordo encaminhado’ e diz o que falta para Isla reforçar o Flamengo

Perda de Rafinha para o futebol europeu acelerou o processo de busca de um lateral-direito pelo Flamengo

Menos de 20 dias após voltarem da Europa com o técnico Domènec Torrent, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o diretor-executivo Bruno Spindel embarcaram rumo à Espanha para acertar a contratação de Mauricio Isla.

Em entrevista ao jornalista Gabriel Reis, do canal “Paparazzo Rubro-Negro”, Braz revelou que Isla tem acordo encaminhado para fechar com o Mengão e ser o substituto de Rafinha, que se transferiu ao Olympiacos, da Grécia, mas pede calma pois ainda não há nada assinado.

Não está assinado e não é jogador do Flamengo. A questão central é ir em direção ao Isla. Existe um documento de intenção, que nada tem a ver com ‘estar certo’. Existem alguns detalhes para que isso seja dirimido. Está muito bem encaminhado, mas acho que não podemos dar chance ao azar. Pegar o avião ir lá, e trazer o mais rápido possível. Tentar de uma forma contundente para que possa trazer um jogador que jogou duas Copas do Mundo, é campeão Sul-Americano duas vezes pelo Chile”, declarou.

LEIA MAIS
+ Dome projeta evolução do Flamengo: “Foi a primeira vitória de muitas”
+ Com boa atuação, João Lucas empolga torcedores do Flamengo
+ Filipe Luis valoriza vitória do Flamengo: “A sorte começou a mudar”

O homem forte do futebol do Flamengo na gestão do presidente Rodolfo Landim diz gostar de atletas chilenos pela raça e lembra que no título brasileiro de 2009 do Mengão ajudou a trazer o volante Maldonado em situação semelhante a Isla.

Eu, particularmente, gosto de jogador chileno. Na última vez, em 2009, contratei o Maldonado, deu certo, jogou bem. Chegou jogando, isso que é importante. E ele tinha se desligado do Fenerbahçe na época. Então, são boas coincidências. Vamos ver se dá certo de novo”, completou.

SITUAÇÃO DE MAURICIO ISLA

O chileno de 32 anos está sem clube desde que deixou o Fenerbahce, da Turquia, no último mês de junho, e estuda com cuidado as ofertas recebidas para garantir que irá conseguir jogar com regularidade para se manter no radar das convocações da seleção do Chile.

Além do Flamengo, o Betis, da Espanha, o Cagliari, da Itália, e o Valladolid, da Espanha, também tem desejo em contar com o atleta. Entretanto, a chance de jogar no Mengão com boa visibilidade é altamente atrativo para Isla.

Ao longo da carreira, Isla defendeu Universidad Católica-CHI, Udinese-ITA, Juventus-ITA, Queens Park Rangers-ESC, Olympique de Marseille-FRA, Cagliari-ITA, Fenerbahce-TUR e a Seleção do Chile. Ele esteve no grupo chileno que faturou as edições de 2015 e 2016 da Copa América.

Para o jogo contra o Grêmio, na próxima quarta-feira (19), às 19h15 (de Brasília), pela quarta rodada do Brasileirão 2020, o técnico Domènec Torrent deve seguir com João Lucas na equipe titular do Flamengo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais