Braz e Bruno Henrique ironizam ‘cravada’ portuguesa sobre desejo de transferência ao Benfica

Atacante rubro-negro tem sido apontado pela mídia de Portugal como pedido de Jesus ao Benfica

Bruno Henrique no Benfica? A possibilidade de transferência do atacante do Flamengo aos Encarnados tem ganhado as páginas de veículos de Portugal desde a novela que acabou com o retorno de Jorge Jesus ao clube português.

Apesar do noticiário, tudo indica que BH não tem o desejo de sair. Na tarde desta quarta-feira (29), um vídeo da TVI 24, de Portugal, viralizou no Twitter com a cravada de que Bruno Henrique já estava decidido a deixar o Mengão rumo ao Benfica. Marcos Braz e o atleta, então, resolveram tirar onda.

LEIA MAIS: Agente de Bruno Henrique nega contato do Benfica, mas não descarta negociação: “Não é inegociável”

Tô assistindo, disse o vice-presidente de futebol rubro-negro na publicação.

Em seguida, Bruno Henrique ironizou a informação sobre sua eventual mudança de clube.

Imprensa sendo imprensa, rebateu o camisa 27.

Tamo junto, até por aqui, respondeu Braz.

Além de ironizar a notícia, o atacante de 29 anos rubro-negro pediu ao dirigente para ensinar os português sobre o velho e conhecido jargão ‘gelo no sangue’.

Aí, presida, avisa eles que é gelo no sangue, brincou o atacante.

Tentei avisar, juro, encerrou o dirigente do Flamengo.

LEIA MAIS: Títulos, receita recorde e “nem sinal no retrovisor”: Flamengo se destaca em análise do Itaú BBA

NÚMEROS DE BRUNO HENRIQUE NO FLAMENGO

Comprado pelo Mengão no começo de 2019 junto ao Santos, Bruno Henrique soma um total de 43 gols marcados e 16 assistências em 75 partidas com a camisa rubro-negro.

Ao Todo, o camisa 27 se sagrou campeão da Taça Rio de 2019, Taça Guanabara de 2020, Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-americana e Campeonato Carioca em 2019 e 2020.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais