Braz defende Ceni e confia em acerto do Flamengo com Arrascaeta

Dirigente prega por agir com frieza por melhores decisões para o Flamengo

VP de futebol do Flamengo, Marcos Braz, comentou no embarque da seleção rubro-negra à Argentina sobre a renovação de contrato do meia Arrascaeta e também sobre a pressão da torcida ao técnico Rogério Ceni após os tropeços contra Vasco e Portuguesa.

Em relação ao uruguaio, que ficou de fora dos últimos jogos e que existe uma pendência contratual, Braz disse acreditar que o Flamengo chegará a um acordo com o jogador:

“Não vejo nenhum acinte, nenhuma situação ruim. Tem que chegar em um denominador comum na hora certa, com tranquilidade, sempre resguardando o clube.”

“A gente tem uma excelente relação com o atleta e com o empresário. Foi feito um pleito pelo empresário, acho que é normal. Infelizmente, a gente não pode acatar, mas a relação sempre foi a melhor possível. É um jogador que a gente respeita muito e sempre respeitou muito. No dia a dia, ele sempre está solícito, pronto, é um craque de bola. Com tranquilidade, a gente vai resolver isso tudo. Como está sendo tudo resolvido dentro dessa gestão”, concluiu o diretor sobre Arrascaeta.

+ Com Arrascaeta, Fla divulga relacionados para confronto contra o Vélez

Braz também falou sobre o técnico Rogério Ceni, que vem sendo pressionado após dois resultados ruins diante de Vasco e Portuguesa pelo Carioca.

Para o VP, este não é o melhor momento para uma troca no comando técnico do clube e afirma que os atletas aprovam o trabalho do treinador:

“Há uma semana a gente ganhou a Supercopa. É um treinador que já deu certo no Flamengo. Está preparando o time para uma competição internacional. Não temos nenhum motivo para fazer uma ruptura de uma hora para outra. O elenco gosta, tem uma relação boa. A diretoria também.”

Braz falou que não é momento de agir com o coração e pediu frieza para tomar as melhores decisões pelo clube:

“A nossa posição é não agir muitas vezes com o coração, temos que ser mais frios. Para tirar um técnico, tem que colocar outro, tem um tabuleiro que se mexe. A gente confia no trabalho deles e os jogadores também, posso assegurar.”

Desafio do Flamengo na Argentina:

O Rubro-Negro enfrenta o Vélez pela Copa Libertadores, e Braz analisou a partida, esperando dificuldades e valorizou o fato do Flamengo estar frequentemente disputando o torneio:

“Tem que saber virar a chave. É uma outra competição, é a que todos nós desejamos no começo da temporada. Do mesmo jeito que não podemos nos pautar no título brasileiro e nem na Supercopa. Não podemos nos assegurar com isso também. O Flamengo está começando a se acostumar com essa competição, a estar sempre nela. É um jogo na Argentina, que a gente tem que sempre respeitar. Estamos animados.”

O jogo entre Flamengo e Vélez está marcado para começar às 21h30 (pelo horário de Brasília), pela 1ª rodada da fase de grupos da Libertadores 2021.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais