Arão faz gol, perde pênalti e vira personagem na eliminação do Flamengo

Volante fez o gol que levou a decisão para os pênaltis e depois errou sua cobrança

O volante Willian Arão foi o grande personagem da eliminação do Flamengo na Copa Libertadores na noite da última terça-feira. O camisa 5, tão criticado pela torcida, fez um gol fundamental nos últimos minutos do tempo regulamentar, levou a decisão para os pênaltis, e foi o único jogador a errar sua cobrança, o que resultou na eliminação rubro-negra.

Ao longo dos 90 minutos, Arão teve uma boa atuação, ajudando tanto na construção de jogadas quanto no sistema defensivo para evitar os ataques do Racing.

+ Ceni explica por que tirou Arrascaeta e Everton Ribeiro contra o Racing

Sua atuação foi compensada nos acréscimos, quando subiu mais alto que os zagueiros argentinos e deixou tudo igual no Maracanã quando a eliminação no tempo regulamentar já parecia decretada.

Arão vinha se tornando um herói improvável por todo o contexto que o jogo tinha, mas acabou terminando de uma maneira frustrante. Nas cobranças de pênaltis, todos os jogadores que bateram, acertaram, menos o camisa 5 do Flamengo.

O jogador parou nas mãos do goleiro Airas, que também foi um dos destaques do jogo.

A partida do volante junto com o erro na cobrança de pênalti dividiu a torcida nas redes sociais, com alguns defendendo o jogador e outros o criticando.

Veja alguns comentários:

Contratado pelo Flamengo em 2016, Willian Arão fez parte de boa parte do processo de reconstrução que o clube viveu até alcançar o auge em 2019.

Pelo clube, o camisa 5 já conquistou diversos títulos como uma Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, um Brasileirão, uma Supercopa do Brasil e três Campeonatos Cariocas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais