Alô, Flamengo! Dez treinadores estrangeiros de 1º escalão que estão sem clube

Mengão começa a buscar nomes no mercado nacional e internacional para continuar o legado de Jorge Jesus

O que será do Flamengo sem o técnico Jorge Jesus? A cúpula rubro-negra está contatos constantes para definir qual será o novo treinador para dar a sequência ao trabalho do Mister e manter o clube em ‘outro patamar’ em relação aos concorrentes do futebol sul-americano. Agora, a pergunta que fica é: ‘quem são as opções livres no mercado?’.

É quase certo apontar que o novo comandante do Mengão não será um brasileiro. Há o entendimento de que os nomes estrangeiros, como Jesus, estão mais ‘atualizados’ e podem manter o Flamengo como uma referência dentro e fora de campo.

Pensando em ajudar o Mengão, o #Rubro-Negro levantou os nomes de treinadores do primeiro escalação que estão disponíveis para negociar de imediato sem a necessidade de pagamento de multa para liberá-los de seus clubes.

CONFIRA OS NOMES QUE O FLAMENGO ENCONTRARÁ LIVRE NO MERCADO:

Leonardo Jardim

Principal nome indicado como favorito a vaga de Jorge Jesus, Jardim está sem clube desde a demissão do Monaco no fim de 2019.

Seu grande feito foi fazer o Monaco derrubar o poderoso PSG na briga pelo título francês da temporada de 2016/2017 e chegar às semifinais da Liga dos Campeões deixando para trás o Manchester City de Pep Guardiola.

Marco Silva

Sem clube desde a saída do Everton, em dezembro do ano passado, Marco Silva tem tido o nome apontado como alvo do Flamengo desde quando surgiram boatos de que Jesus poderia retornar ao Benfica.

O treinador português é visto no mercado como técnico bom de grupo e estilo de jogo agressivo. Ele possui os títulos de campeão da Taça de Portugal pelo Sporting, em 2014/2015 e campeão grego pelo Olympiacos, em 2015/2016, como seus maiores feitos.

Studium Creative Co.
Proeleven Gestão Desportiva Lda

Publicado por Marco Silva em Terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Mauricio Pochettino

Demitido do Tottenham após cinco temporadas intensas de crescimento com os Spurs, Pochettino é apontado como nome ideal até para a seleção da Argentina, mas se mantém na Inglaterra com a meta a fisgar um espaço em algum gigante para seguir na Premier League.

Além de ajudar o clube de Londres a entrar na elite do futebol inglês, o técnico argentino levou os Spurs ao vice-campeonato da Liga dos Campeões 2018/2019.

Massimiliano Allegri

Campeão de seis das últimas 10 edições do Campeonato Italiano, o treinador deixou a Juventus em 2019 por não conseguir fazer o clube chegar ao título da Liga dos Campeões – bateu na trave em 2014/2015 e 2016/2017.

Seu nome tem sido especulado em clubes de Espanha, Inglaterra e Itália para a temporada de 2020/2021 e não deve permanecer por mais tempo desempregado.

Unai Emery

Conhecido por ser especialista em títulos da Liga Europa, o comandante espanhol não viveu uma boa temporada 2019/2020 pelo Arsenal, da Inglaterra, e foi demitido.

Seu nome, inclusive, era cogitado no Benfica, de Portugal, caso Jorge Jesus não deixasse o Flamengo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Here we go! Looking forward to the @premierleague kick-off. Hope you, @arsenal fans, feel as excited as we do. COYG!

Uma publicação compartilhada por Unai Emery (@unaiemery_) em

Niko Kovac

Após faturar uma edição do Campeonato Alemão com o Bayern de Munique, da Alemanha, o técnico croata perdeu o controle do time bávaro, entrou em rota de colisão com as estrelas do elenco e acabou demitido em novembro de 2019.

Arsène Wenger

O técnico francês fez história ao comandante o Arsenal por 22 temporadas ininterruptas e havia decidiu se aposentar dos gramados em abril de 2018.

Entretanto, um ano e meio após o sumiço do futebol, Wenger anunciou estar aberto a novas propostas para voltar a trabalhar e aguarda ofertas para analisar se voltará ao posto de treinador ou diretor de futebol.

Luciano Spaletti

O italiano está sem clube após ter passagem apagada pela Inter de Milão – levou o clube a modesta quarto lugar no Campeonato Italiano dos anos de 2017/2018 e 2018/2019.

O comandante coleciona passagens marcantes e com títulos por Roma, da Itália, e Zenit, da Rússia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Il triplice fischio ha indicato la fine della partita…e l’inizio di quella successiva! #senzatregua 👊🏼 #AMALA 🖤💙

Uma publicação compartilhada por Luciano Spalletti (@lucianospalletti) em

Alejandro Sabella

Responsável por levar a Argentina ao vice-campeonato mundial de 2014, Sabella ficou sumido do cenário da bola nos últimos anos devido a batalha contra problemas de saúde (cardíacos e câncer na laringe).

Ele, atualmente, espera nova chance para voltar à beira dos gramados.

Ernesto Valverde

Demitido do Barcelona em janeiro passado, Valverde precisou passar por uma mudança de filosofia de futebol ao ter de se enquadrar ao padrão “Messi e Suárez”.

O treinador levou o clube catalão as conquistas de duas edições do Campeonato Espanhol (2017/2018) e (2018/2019), Copa do Rei (2017/2018) e Supercopa da Espanha (2018).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Hashtag Rubro-Negro usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia Mais